Quem Me Acompanha...

26 de março de 2010

Atualizado - Falando no "Coisas" - Lidiane Vasconcelos do Bicha Fêmea.

Bom Dia meninas!

Espero que esteja tudo bem com vocês. Por aqui esta tudo bem graças a Deus.

Lembra que comentei por aqui que tinha uma surpresa...? Estava pensando em deixar um espaço no blog para as amigas blogueiras postarem.. Pois então... agora minha convidada voltou de viagem e rapidamente escreveu o post. Resolvemos deixar o tema livre, assim cada uma irá escrever sobre o que quiser: dicas, bater um papo, informações, utilidades, enfim.... O tema é livre!

Fiz o convite para Lidiane (que todas vocês conhecem.. quem ainda não conhece corre aqui e não perca mais tempo... Conheça já! rss) do blog Bicha Fêmea e ela para minha alegria (ou melhor nossa alegria) aceitou....




"Mulher, pensei no que escrever e concluí por mandar algo informativo, que possa instigar o trololó e que acrescente algum valor ao seu blog.
Pensei nisso por achar que teu blog parece com o Bicha Fêmea: é diversificado nos assuntos que envolvem os interesses femininos. Escrevi algo que eu publicaria no Bicha Fêmea sem a menor sombra de dúvida.
             Espero que goste". Lidiane


Como não gostar? Adoro tudo o que ela escreve e estou sempre por dentro do Bicha Fêmea. Ah... e hoje ela trouxe um assunto que eu nunca havia parado para pensar e acho que quase ninguém parou para pensar.... vamos lá??



"Falando no Coisas...."


Por Lidiane Vasconcelos....

Como jogar fora os remédios vencidos ?!!

Quando fui convidada pela Soll para escrever por aqui, fiquei pensando no que publicaria de modo que acrescentasse algum valor ao post. Fiquei contente demais com o convite, e queria fazer alguma diferença no blog dessa bonitona, néam?

A impressão que eu tenho da Soll e de seu blog é que em ambos há gosto pela informação. Eu sou assim também, procuro nortear o meu blog para que seja dessa forma e percebo que quem lê o Bicha Fêmea gosta disso também. Sendo assim, suponho que quem passa pelo Soll Artes e Outras Coisas pensa parecido. Isto posto e concluído, decidi sobre o que escrever.

Por esses dias eu me deparei com um dilema doméstico comum a muitas bichas fêmeas que, como nós, estão atentas ao que é bom para o meio ambiente: como jogar fora adequadamente os remédios vencidos?
Se você for como eu, deve ter em casa sua pequena farmácia com remédios para dor de cabeça, cólica menstrual, machucados, dores musculares, etc. Uma hora o remédio vence, e jogar fora como quem joga cascas de laranja não é bem o ideal, concorda?

Quando me deparei com essa dúvida, constatei que não sabia o que fazer. Pior, não me lembrava de ter lido qualquer coisa a respeito, e por isso a ignorância. Cheguei a pensar em jogar o que era líquido no banheiro, você já pensou assim também? Mas apenas pensei, ainda bem! Antes eu pesquisei qual a atitude correta nessas horas, e aprendi um pouco mais sobre algo… que bom!

Muita gente pensa logo no que eu pensei, não é? Mas essa alternativa não é a mais adequada porque os remédios contaminam o solo e os mananciais. Também tem gente que descarta os remédios no lixo doméstico, o que também não é aconselhável por causa do mesmo motivo que citei, e ainda tem outro agravante, que é o caso de os catadores acharem os remédios e consumí-los. Ou seja, o inconveniente é duplo.

Infelizmente não há nada que regule o descarte de remédios pelo cidadão comum, somente os hospitais e drogarias é que seguem normas quanto a isso. Já se pensou em criar uma lei que defina isso, obrigando as farmácias a aceitarem esses medicamentos vencidos. Mas nada há de concreto, então as farmácias não estão obrigadas a receber nossos medicamentos fora da validade.




Mesmo assim, eu agi desse modo: eu tinha alguns remédios para comprar, e fui na farmácia mais próxima. Comprei os remédios e questionei se eles não aceitariam meus medicamentos vencidos para que eles fossem descartados da forma correta. O balconista disse que não poderia aceitá-los porque tudo o que eles descartam passa por um controle interno blá blá blá whiskas sachê…

No fim das contas, é preciso que se diga, o balconista me orientou a levar a medicação na vigilância sanitária da cidade, porque lá eles aceitam e tudo seria incinerado (como tem que ser). Ah, bom! Aí tudo já mudou de figura, não é? Como sou uma bicha fêmea esperta, já tratei de ligar e confirmar a ligação. Sim! Eles aceitam que eu deixe meus remédios lá. Rá!

Então será assim que vou resolver o meu problema, e sugiro a você, bonita, que tente fazer algo para evitar lançar os remédios vencidos no lixo doméstico ou no vaso sanitário. É que a natureza agradece, e pessoas desavisadas (como os catadores, por exemplo) também, sim?!




Então é isso meninas... não se sintam envergonhadas porque eu também NUNCA tinha pensado nisso.... mas agora não tem mais desculpa! Bora mudar isso já!
Lidi querida, mais uma vez te agradeço por escrever aqui no “Coisas”.

Ah... e assim que tudo se ajeitar farei o convite para outra blogueira... e vão pesando ai no que escrever... Quem sabe a próxima pode ser você?! rss


Beijo.
Soll*


------

Atualizando...

Oi meninas! Bom que gostaram do tema. Como não consegui responder a cada comentário... mas...

- Agradeço todos os prabéns recebidos e tenho certeza que a Lidi também.


- Quem quiser pode levar o texto e publicar no blog. Não tem problema naum.... é claro só não esquecer que o texto é da Lidiane Vasconcelos.

Ah... e reforçando.... vão pensando.. vai que a próxima é voce.

Beijo.








24 comentários:

Luciana Casado disse...

Eu realmente nunca tinha pensando sobre esse assunto, eu normalmente jogo no lixo comum :\
Pensarei sobre o assunto...
Bjus, Lu

Su disse...

Por acaso em Portugal já há esse sistema e as farmácias fazem recolha de tudo o que é medicamentos velhos, dentro ou fora de validade. Basta chegar lá e colocar numa caixa para o efeito. Durante anos nós entregávamos aos saquinhos no balcão mas agora é mesmo só chegar lá e deixar na caixa própria dentro da farmácia. Simples, rápido e ecológico.
Espero que o sistema chegue aí rapidamente.
beijonhos e parabéns pelo blog e pela colaboração

Aline disse...

Adorei este espaço, a matéria sobre os remédios ficou muito interessante, é algo a se pensar!
Parabéns as duas moças.
Bjks

Neli Rodrigues disse...

òtima dica!!!
Acho que poucos haviam pensado nisso e esse assunto nem de leve e divulgado...fala-se tanta besteira nos meios de comunicação e assunto sérios são esquecidos.

Bjs♥

ρâм disse...

Oi querida!
tem um selinho para vc lá no meu blog!
Beijosssssss

carmen disse...

Olha só, assumo ue este também sempre foi umproblema pra mim, eu geralmente jogo no vaso sanitário os liquidos e as capsulas coloco ara dissolver e tbm do o mesmo destino...Nunca havia pensado nisso sabia? Não sei com vocês, mas já ando tão desacreditada da falta de interesse de certos órgãos públicos
pelas causas humanas que acabo nem procurando. Mas, vou fazer uma tentativa. Aqui na minha cidade (E olha que é capital, nem coleta seletiva existe, isso me deixa muito triste) pq ficamos sem opção de ajudar a defender o meio ambiente.
Chega a doer dentro de mim quando é dia de colocar o lixo para fora.
Mas, fazer o q? Pelo menos os restos de alimentos e folhas das arvores do quintal(que n são poucas) eu faço compostagem. Adorei o texto e a dica foi mais que preciosa visse? Bjos e muito sucesso.

Anônimo disse...

Mandou bem, Lidiane...mais uma vez!
Adorei as sugestões e já havia questionado isso aqui em casa e ninguem soube dar uma solução.
Cheiros!

Aninha Coaracy disse...

POxa... eu realmente nuuuunca tinha pensado nisso. Jogava tudo no lixo e pronto!

calma que estou com pressa disse...

oi meninas maneiras - desocladas - bichas femeas- adorei a postagem realmente foi bem útil nunca tive esta informação adorei saber desta - bjs

Manuela disse...

AiLidi, quem dera na minha cidade alguém levar alguma coisa a sério. Aqui nem os bombeiros funcionam direito, qt mais a vifgilancia sanitaria.
Estamos num pais atrasado
Mas vale a dica

Espaco Home disse...

Muito legal sua ideia de convidar bloqgueiras para postar em seu blog. Eu não conhecia o Soll!! Descobri através do Bicha Femea. Seu blog é muito fofo, parabéns. Abraços Simone - www.espacohome.com.br

Fla disse...

Poxa vida que bacana. Não sabia que tinha como jogar.
Mas olha vou dar mais uma dica, antes que os remédios vençam, se você perceber que não vai mais utilizá-lo, doe em um hospital ou centro de saúde, assim todo mundo sai ganhando né?
Lidi como sempre uma fofa.
Bjs

Renata disse...

Nossa que post hein.
Parabéns a Lidiane.
Eu sempre joguei remédios vencidos água a baixo, agora vou procurar fazer da maneira certa.
PARABÉNS A VCS DUAS.
Uma por orientar e a outra por abrir o espaço.
Bjs

Valéria Russo disse...

OIE SOLL E LIDIANE...
REALMENTE NUNCA HAVIA PENSADO A RESPEITO, MELHOR DIZENDO PENSADO EU TINHA ,MAS REALMENTE NÃO SABIA COMO FAZE-LO, AKI EM CASA HÁ MUITO USO DE REMÉDIOS AFINAL TENHO MARIDO DIABÉTICO E COM PROBLEMAS RENAIS E CARDIACOS E A BHASINHA QUE TEM PROBLEMAS MENTAIS..ENTÃO REMÉDIO EM CASA É MATO...VOU PROCURAR DESCARTA-LOS DE MANEIRA CORRETA..
ESSE POST FOI DE MUITA UTULIDADE ALÍAIS COMO TUDO O QUE O BICHA FEMEA ESCREVE..
GOSTEI TAMBÉM MUITO DO SEU CANTINHO VIU SOLL...LINDO MESMO E COM MUITAS COISAS INTERESSANTES.
EU SOU A VAL DO UIVO DA LOBA, PASSE POR LÁ PARA ME CONHECER UM POUCO MAIS, TOMARA QUE GOSTE..
A ALCATÉIA TB É SUA FIQUE A VONTADE.
BJUIVOS NO CORAÇÃO DAS DUAS.
LOBA.

Scrap by Scrap disse...

Oi flor...tem selinho pra você no meu blog....beijocas

www.cha-com-biscuit.blogspot.com disse...

Soll, que novidade é essa?, e como funciona isto, te mandamos um email? Adorei amiga. tu sempre antenada hein?, matando a pau com teus posts e como se não bastasse criando novidades maravilhosas, parabéns, ainda bem que tu tens tempo pra gente.
Abraços.

www.cha-com-biscuit.blogspot.com disse...

Ah Soll, esqueci, de comentar o post da Lidiane, belíssima postagem, gente antenada e com senso é outra coisa. Com certeza ela tem mesmo razão, quem de nós havia pensado nisso antes, euzinha mesmo colocava tudo ralo a baixo, e nunca tinha me passado pela cabeça questionar se era certo, simplesmente fazia, vou rever minhas ações.
Abraços a ti e a Lidiane.

Cris Rosa disse...

Adorei a informação,pois fazia tudo errada!!!!
Vou mudar agora mesmo e tentar passar adiante essa informação!
Posso copiar o texto e colocar no meu blog?Com os devidos créditos claro!

Adoraria mesmo!

Ah, tô com sorteio no blog, passe por lá,tá?
bjkas

Paty disse...

Oi Soll

Muito bom esse texto. Gostei muito.
Tem selinho pra você.
Beijnhos

Paixão por Artes! disse...

tem selinho pra tu no meu bloguinho! Passa lá pra pegar tá.
http://paixaoporartes-suzi.blogspot.com

Artes D ♥ disse...

Oi Soll, que idéia legal essa de um amiga escrever algo. Essas dos remédios foi muito boa, precisa de divulgação mesmo.
Bom final de semana prá vc!
Rose

Lady Layla disse...

Oi Soll,

Parabéns pela iniciativa. Com certeza esse texto informativo é o primeiro de muitos que virão para acabar com as dúvidas que geralmente temos em relação a determinadas atitudes. Parabéns tb. para a Lidiane autora do texto. Um abraço, Layla.
www.ciailimitadaby-ladylayla.blogspot.com

Ângela disse...

Como ainda não tinha vindo aqui????
demorei mas cheguei, adorei e vou ficar, seu blog é uma gracinha. Gostaria que você pudesse ir conhecer o meu, vou adorar ter você por lá.
Precisamos ter mais consciência na hora de descartar remédios vencidos, ótimo o post.
Parabéns pelo blog, e prazer em conhecer você.

beijokas e bom final de semana

Mariane disse...

Putz, sempre joguei no lixo comum. É triste a gente ficar discutindo sobre os mananciais e os catadores de lixo, mais nobre seria alguém se organizar e mobilizar as colegas para que seja criada uma medida de descarte de remédios, assim como existe para as pilhas e baterias, mas estas também não são amplamente divulgadas, melhor ainda seria que não existisse gente vivendo do lixo.
Alguém se habilita?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts with Thumbnails